29 de março de 2011

Menos é mais.

Esta nossa época de consumo desenfreado levou-nos a acreditar que ter muito, ter em grande, seria se não a chave da felicidade, o ponto de partida para a alcançar.
Se algum mérito tenho de reconhecer a esta crise, é o de nos fazer repensar o valor das "coisas".
Afinal, o que significa o ter? O que afinal temos? Coisas?
A casa "comprada com tanto esforço", não é nossa, pois não? É do banco... até sermos velhinhos e, com um pouco de sorte, se lá chegarmos e a conseguirmos pagar toda, será dos nossos filhos, ou então vendida para dividir pelos herdeiros, ou eu sei lá! Mas afirmo de peito cheio: é MINHA! Olarilas! Não passeio, não como fora, vivo a contar tostões para não falhar a prestação, mas a casa é minha! Ainda por cima depois das obras que lhe fiz, com a ajuda da 2ª hipoteca, está como nova. Ah pois!
E o carro? Também é meu, concerteza. E do banco, financiadora, etc e tal. Mas é bom, grande, e anda que se farta ,embora não possamos acelerar por causa das multas, mas se pudéssemos... e fazia tanta falta assim um carro grande para toda a família, que pode aumentar... e para quando formos passear, quando a crise passar...
E não vale a pena mencionar, as roupas, os computadores, gadgets e afins, bens de primeira necessidade actualmente, ou não são? Se o ordenado não chegar pudemos sempre utilizar o cartão de crédito, só de vez enquanto...
E as crianças? Todos temos noção que com a sociedade como está é neles que temos de investir. O colégio pode ser caro, mas não é a educação a nossa primeira preocupação?
Temos de comer fora ao almoço porque trabalhamos longe de casa. O jantar a maior parte das vezes compramos no pronto a comer porque não dá tempo para o fazer, com a ginástica dos miúdos, o ballet, o futebol e o inglês.
Em resumo, a culpa é da crise!
Como poderá o vencimento chegar? Bendita conta ordenado!

28 de março de 2011

Saladas para variar

E a saga continua.

Segunda-feira: Salada de grão, vi aqui;
Terça-feira: Esparguete integral com legumes, no sapo mulher;
Quarta-feira: Courgettes recheadas com vegetais, parecidas com estas;
Quinta-feira: Sopa de feijão "Light", adaptar esta sem pãozinho, ok?;
Sexta-feira: Salada de bacalhau, assim.







Bom apetite!




22 de março de 2011

Cheirinho de primavera.

Adoro a primavera, até mais do que o verão. Gosto dos dias cada vez mais longos, do cheirinho das flores e do verde espalhado por aqui e por ali. Gosto do frio das manhãs e de tirar o casaco pela hora do almoço.
Nesta época do ano também gosto de mudar a decoração da nossa casa, dá-me a sensação que assim deixamos mais rapidamente o inverno para trás. Este ano, não é apenas a nossa casa que me apetece mudar... Há uma casa no campo que ficaria tão bem com um novo look... mais não posso dizer.











A inspiração veio daqui.

20 de março de 2011

Dieta, urgente!

Ah pois é! Não há volta a dar, por isso:

Segunda-feira: Ratattouille Niçoise. Esta é uma receita que costumamos fazer muitas vezes cá em casa, é deliciosa e light;
Terça-feira: Salada de queijo fresco, como esta;
Quarta-feira: Bifes de frango com molho de laranja e soja, daqui;
Quinta-feira: Salada de cogumelos, deliciosa;
Sexta-feira: Esparregado de espinafres com mozarela, feito assim.

 

E nem mais uma batatinha!

I Love Dad!

Ontem foi dia do Pai!

Vestimos uma roupinha a condizer:



Fizemos umas bolhachinhas coração para o paizinho de todos:



Oferecemos as prendas mais valiosas do mundo:



E passámos o dia com os nossos pais. Os que cá temos e os que, infelizmente, já não estão no meio de nós, mas que estão sempre no nosso coração.

O meu foi o melhor do mundo! E as saudades são muitas...









17 de março de 2011

Design para ajudar o Japão

Amanhã é um dia de silêncio pelo Japão na blogosfera, por isso não irei publicar nada. Hoje deixo aqui algumas dicas para quem quiser ajudar.
Muitos artistas, designers e lojas estão a fazer descontos em artigos cujo valor é posteriormente entregue para apoiar os meios de socorro. Estes são alguns:







15 de março de 2011

Tabuleiros do oriente

Uma das primeiras peças que me lembro de ter comprado para a minha casa foi um tabuleiro rectangular, branco com desenhos de diferentes chávenas com motivos azuis. Adorava-o. Mas... à cerca de 15 dias o G, sem querer, partiu-lhe um canto.
Desde então tenho andado à procura de um para o substituir.
Penso que o encontrei no imagesdorient onde todos os produtos são absolutamente lindos, de inspiração mediterranica traduzida num look simultaneamente vintage e futurista.









Agora só tenho que decidir qual.

14 de março de 2011

Horta chic.

Este ano estou bastante inspirada com as minhas plantações e semeaduras, o balcão da minha cozinha está repleto de sementeiras. Tomei de ataque a horta abandonada do meu sogro e com a ajuda da minha filhota temos semeado um pouco de tudo. Agora resta ver como nos vamos safar com o desenvolver da coisa, pois de agricultoras temos muito pouco... Cidade, 6º andar, nós era mais bolos, estão a ver???
Mas a sorte protege os audazes e já nos estou a ver a fazer umas saladinhas, sopas e afins, com produtos tão caseiros, tão nossos e tão saudáveis que vos vão, concerteza inspirar a seguirem-nos as pisadas.
Com a crise que ai anda, vai saber bem poupar nas verduras.
Para dar uma ajudinha reparem só no que encontrei neste site. Ainda fiquei com mais vontade de deitar as mãos à terra.







E para as guardar:

So fashion, não acham?

13 de março de 2011

Refeições que rendem

Esta semana o tempo não vai ser muito para preparar os jantares, por isso pensei em fazer aquele tipo de pratos "tabuleiro cheio" que dão para mais do que uma refeição e fico com os almoços assegurados.

Segunda-feira: Crepes recheados com queijo e fiambre no forno. Os crepes fiz hoje com esta receita e recheei-os com queijo e fiambre, amanhã cubro com bechamel, natas e queijo ralado e acabo-os;
Terça-feira: Alho francês à Brás, daqui;
Quarta-feira: Risotto de cogumelos e espargos, vi aqui;
Quinta-feira: Folhado de farinheira com espinafres e queijo, inspirei-me neste blog que sigo com gosto;
Sexta-feira: Restos da semana, com sopinha e saladas.

Para a semana vou voltar às saladas para compensar as calorias desta. Bom apetite!

10 de março de 2011

Tens para a troca?

Desde que me lembro que adoro colecções, sejam elas do que forem. Já coleccionei latas, caixas de fósforos, maços de tabaco ,bases de copos, moedas, caricas, pacotes de açúcar, selos, bilhetes de concertos, postais, conchas, búzios e um sem número de coisas.
Penso que todos nós, em alguma fase da vida já coleccionou qualquer coisa. É um hábito com muitas vantagens, é saudável pois ajuda a libertar o stress e  ainda contribui para perservar parte da historia. Por isso, toca a coleccionar.







Fosfóros




E para nos perdermos neste mundo vale a pena uma visita ao collectus.blogspot onde podemos encontrar colecções para todos os gostos.



9 de março de 2011

Ideias coloridas


Um, dois, três, uma colher de cada vez...

O meu Kiko é daqueles tipo de miúdos "Eu é que sei!", fez agora 2 anos mas, ele é que sabe... TUDO!
Por isso não necessita de de ajuda para quase nada e comer não é exepção, come tudo sozinho, ou melhor só come sozinho, porque se lhe tentarmos dar, cospe. Confesso que a sopa me tira do sério, e acaba invariavelmente, parte na boca, parte no babete e parte no cabelo. Vá-se lá saber porquê acaba sempre a ultima colherada de maneira original, o alvo varia do chão para a parede, ou para mim... Enfim.
Encontrei aqui estes talheres que achei uma graça, mas que não vou comprar, pois calculo que então é que a comida voava de um lado para o outro.
Fica a sugestão para  aqueles que precisam de ajudinha para comer a papa toda.